domingo, 12 de maio de 2013

"OUTRA VEZ"


 JESUS CHORA À VISTA DE JERUSALÉM

"Quando ia chegando, vendo a cidade, chorou e dizia: Ah! Se conheceras por ti mesma, ainda hoje, o que é devido à paz! Mas isto está agora oculto aos teus olhos. Pois sobre ti virão dias em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras e, por todos os lados, te apertarão o cerco; e te arrasarão e aos teus filhos dentro de ti; não deixarão em ti pedra sobre pedra, porque não reconheceste a oportunidade da tua visitação."       Lc 19 41-44


Em três momentos do seu ministério o Senhor chorou. Quando Lázaro morreu. Ele o amava! Quando estava no Getsêmani. Pelo inevitável, pelo seu imenso amor, por eles não saberem o que faziam! E ao entrar em Jerusalém e ver uma cidade corrompida que seria completamente destruída apesar das suas trincheiras ou por causa das suas trincheiras... O lamento de Jesus era pela completa ausência da percepção Espiritual. Eles teriam guerra e nunca paz. Já que a "Paz" estava sendo rejeitada! Nem mesmo o Messias de Deus foi reconhecido. A eterna e triste cegueira humana!

Eu fico tentando traduzir a emoção que O levou a chorar. Talvez pena, tristeza ou mesmo compaixão. A maioria das pessoas tem uma visão muito simplista da existência, não conseguem ver além. E na minha tentativa de entender as lágrimas de Jesus me aproximo mais dEle na revelação da sua "Natureza Humana", já que sinto a mesma emoção ao ver que a possibilidade de aceitação da sua Palavra continua sendo rejeitada e na maioria das vezes não é levada a sério o que é ainda mais grave!

Não sei o que me faz sentir pior, a ignorância, a indiferença, o egoísmo, a auto suficiência da humanidade no que diz respeito ao extremo amor de Deus, ao Sacrifício Vicário, ou a plena certeza de que hoje, mesmo hoje, viveríamos tudo outra vez...

Que o Senhor nos perdoe!

MM
Maio/2013