segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Presente


Presente

Ouvi de Deus, que hoje dia 22.09.14, Ele me presentearia. Foram duas semanas em que imaginei ver a sarça ardente, um chumaço de algodão molhado na madrugada ou fender uma rocha para que manasse agua. 
Não, não era isso!
Isso seria emblemático demais em se tratando de alguém como eu. Mas, não em se tratando Dele!
Consciente, entendi que receberia o maior favor que o ser humano pode receber...

Vivi o melhor ano da minha vida, faço essa analise as vésperas dos meus 53 anos.  E não refuto outros anos de aprendizado intenso. Mas, não tão transformador como esse!

Claro que ansiei diversas vezes que a carruagem de fogo me arrebatasse e livre de qualquer resistência eu partiria feliz, plena e certa que havia combatido o bom combate e que finalmente encontraria meu amado. Mas ainda falta um pouco. Coisas que conheço, que reconheço e algumas que nego e que torna um pouco mais longo e árduo o percurso que levará ao que hoje entendo ser a trajetória estabelecida por Deus para mim.

Transformar situações adversas e ver Deus agir a partir da nossa vida é maravilhoso, mas nada melhor do que transformar o nosso interior e organizar nossas emoções, para que se possa cumprir os desígnios de Deus com excelência independente do que se apresenta em termos de desafio.
E tal aprendizado tem um grande custo. Desconstruir verdades absolutas, deixar a zona de conforto, trazer consigo a certeza, a garantia, que fatores externos jamais influenciarão seu equilíbrio é algo desafiador e sofrido.

Eu sempre busquei calmaria em um lugar, um refúgio.  Quando calma, tem que estar a alma para se transitar em qualquer situação e nela se tirar a verdadeira lição.

A Paz não é algo que se encontra em determinados lugares e situações. Mas, algo que se conquista independente deles. Algo de dentro para fora e não o oposto disso.

Escrevi mês passado um texto triste que falava sobre os meus sonhos. Vou publicá-lo pois sei que servirá de testemunho e por ter sido um momento vivido embora já superado  e que o presente prometido por Deus era maior que qualquer manifestação sobrenatural externa! Principalmente porque para reconhecer o favor de Deus eu precisei sentir intensamente que meu sonho havia sido negado, ou mesmo que ele fosse só meu. Mas, não é verdade!
Nossos sonhos são os sonhos de Deus.

Hoje, eu ganhei de Deus um grande presente e faço questão de revelar.  Eu ganhei FOLEGO DE VIDA! 

Eu, também ganhei Força com base unicamente na minha Fé!

Eu, ganhei a certeza que seja onde for e como for Deus sempre estará comigo!

O Meu texto tem como título "Realidade". Não pretendo mudar, já que foi minha realidade por um momento. Mas, hoje ele não traduz a verdade, a minha verdade! E isso basta.

Incluo também um texto do site "Palavra para hoje" que testifica a palavra liberada por Deus para minha vida.

E mais uma vez eu estou de pé em busca da conquista do meu sonho. Ainda que ninguém acredite eu sei que quem prometeu não é homem para que minta e nem filho dele para que se arrependa...

Hoje, eu tomo posse dos sonhos que Deus sonhou para mim.
Porque eles não são só meus...


REALIDADE

Sonhos, meus sonhos!

A Bíblia diz que Deus ama os sonhadores.

O sonho é a conquista na mente

É a projeção da emoção concretizada no pensamento

É a realização com bases sólidas insólitas

É o limite entre o real e a quimera

É o recurso, abrigo, consolo intangível do sonhador

O refúgio do poeta

a diferença entre vida e morte na esfera útopica

é a dança no salão dos devaneios

É a certeza do compasso descompassado do meu viver.

e nada além disso, para mim,  poderá ser!

MM

08/2014

Deu Davi a Salomão, seu filho, a planta do... templo.” – 1 Crônicas 28:11 NVI
O rei Davi preparou um plano para a construção do templo, mas seu filho Salomão foi quem na verdade o construiu. Pergunta: Você tem uma estratégia para realizar o seu sonho? Está trabalhando nela? Ou tem preferido esperar que alguém, como uma fada madrinha, apareça e o salve? A única coisa pior do que não ter um sonho é ter um sonho sem um plano para torná-lo realidade. Uma estratégia lhe dá energia, direção e foco. Foi feito um estudo sobre o fato de as pessoas raramente desenvolverem estratégias para realizar seus sonhos. Eis o que ele revelou: 26% tem como objetivo de vida alvos específicos e palpáveis; 19% estabelecem alvos alinhados com seu propósito, missão e paixão; 15% anotam seus objetivos, descrevendo-os de forma específica e mensurável; 12% mantêm um alvo claramente definido para cada um dos seus principais interesses na vida e para cada papel que desempenham nela; 12% determinam prazos para o cumprimento dos seus objetivos. Só 7% tomam, em seu dia-a-dia, atitudes que as levam a cumprir pelo menos um objetivo. Eis um comentário dos autores desse estudo: “Os norte-americanos, mais uma vez, tiraram ‘0’ nesta área crítica do seu desempenho. Em suma, não é habitual para eles tomar as atitudes necessárias para que seus sonhos e visões saiam dos seus corações e das suas mentes tornando-se realidade”. Sonhos não se realizam enquanto você fica olhando para as estrelas. Eles se realizam quando você busca a direção de Deus, coloca seus sonhos no papel, juntamente com ações específicas e cronogramas, e presta contas a si mesmo em relação ao seu desempenho — e se você for sábio, presta contas a mais alguém também. Então a palavra para você hoje é “Pare de olhar para as estrelas e comece a preparar uma estratégia”.
Porção Diária: Leia 1 Rs 17:1-6, 1 Rs 18:16-39, 1 Rs 19:9-18, 2 Rs 2:1-12