segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

GRATIA GRATUM FACIENS

  
GRATIA GRATUM FACIENS                                                                

(Graça ou favor que fez alguém tornar-se agradecido)
                                                                               

O meu último texto de 2013 fala de "Gratidão"

A raiz latina dessa palavra portuguesa é gratus, que significa "agradável".

Isso posto, a gratidão é aquela atitude de alguém que fica satisfeito e agradado diante de alguma coisa, e assim sente-se grato. É a reação de um homem diante de outro, que fez algo em seu favor, e que fez certa diferença para melhor em sua vida.

No sentido teológico, envolve a gratidão e os sentimentos de endividamento de uma pessoa, por haver Deus exibido a graça salvadora a felicidade eterna, através da missão de Cristo e do ministério do Espírito Santo.

Um dos vícios dos pagãos, conforme Paulo os alista, é o da ingratidão:


"porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato. Inculcando-se por sábios tornaram-se loucos."

(Romanos 1: 21.22)
Eles têm conhecimento da existência de Deus, e experimentam muitos de seus beneficios, mas não se mostram agradecidos.

Todos os beneficios, dons e vantagens dos homens procedem de Deus.


"Pois quem é que te faz sobressair? E que tens tu que não tenhas recebido? E, se o recebeste, por que te vanglorias, como se o não tiveras recebido?" (1Co.4.7)
ou


"Toda boa dádiva e todo dom perfeito são lá do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não pode existir variação ou sombra de mudança." (Tiago 1.17)
Fica claro que não somos merecedores de nenhum favor ou benefício agradável que Deus estenda as nossas vidas. Mas, por sua misericórdia recebemos de graça a Graça Preveniente, Santificadora e Suficiente, poder de Deus conferido aos homens, mediante o Espirito Santo que lhes capacita a realizar e a crescer espiritualmente. Transformando-se em Graça Eficaz. Essa é a graça, suficiente quando se torna atuante sobre as vidas dos homens, dentro das questões da salvação, da santificação, da transformação segundo a imagem de Cristo, do crescimento espiritual e da restauração. Sobre essa graça repousam todos os benefícios que a humanidade pode esperar obter.

Em 2 Timóteo 1: 9.10 o apóstolo Paulo escreve:


"...que nos salvou e nos chamou com santa vocação; não segundo as nossas obras , mas conforme a sua própria determinação e graça que nos foi dada em Cristo Jesus, antes dos tempos eternos, e manifestada, agora, pelo aparecimento de nosso Salvador Cristo Jesus, o qual não só destruiu a morte, como trouxe à luz a vida e a imortalidade, mediante o evangelho,..."
Minha gratidão à Deus é por seu Filho amado, por sua entrega, por sua essência, pelo seu Santo Espirito, que habita em mim apesar de quem sou.

Minha eterna gratidão, por não ser merecedora do Seu amor, e ainda assim tê-lo.

Minha eterna gratidão pelo relacionamento que tanto O agrada e a mim sustenta. Meu Aba!

Minha eterna gratidão por ser grata porque tu és em mim.

Com todo meu amor,

MM