quarta-feira, 13 de julho de 2011

"George MacDonald"


Confiar, embora parecendo estar abandonado; continuar clamando, embora a voz pareça perder-se
na imensidão, sem nenhum eco; ver a máquina do mundo rodando sem pausa, como movida por si mes-
ma e sem se importar com ninguém, nem mudar em nada sua marcha, ante rogos e clamores, e contu-
do crer que Deus está alerta e nos ama imensamente; não desejar nada, senão o que nos vem da
sua mão; esperar pacientemente, pronto a morrer de fome vigiando para que não falhe a fé - tal
é a vitória que vence o mundo, isso é realmente fé.