segunda-feira, 15 de novembro de 2010

SACRIFÍCIO

Quando Cristo diz aos apóstolos, "Mas agora, vou para junto daquele que me enviou, e nenhum de vós me pergunta: Para onde vais? Pelo contrário, porque vos tenho dito estas coisas, a tristeza encheu o vosso coração. Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei. Quanto ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça, e do juízo: do pecado, porque não crêem em mim; da justiça, porque  vou para o Pai, e não me vereis mais; do juízo, porque o príncipe desde mundo já está julgado. Tenho ainda muito que vos dizer, mas vós não podeis suportar agora; quando vier, porém, o Espirito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará as coisas que hão de vir. Ele me glorificará, porque há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar. Tudo quanto o Pai tem é meu; por isso é que vos disse que há de receber do que é meu e vo-lo há de anunciar."
Ele está anunciando a missão do consolador, do Espirito Santo de Deus. Logo depois Ele dirá as Palavras de despedida. E acontecerá que o Seu suor se tornará como gotas de sangue, caindo sobre a terra, tamanha sua angustia e agonia no Getsêmani.
Ele será preso. Julgado, condenado, humilhado. O Cordeiro Limpo, sem mácula, sem culpa, sem pecado, será morto. Morte de cruz, em um lugar chamado Calvário, Gólgota em hebraico.
Pronto. O Véu do Templo se rasgou. Cristo morreu.
Foi crucificado por amor a mim, por amor a você. Que hoje encontra resistência em seguí-lo,

em cumprir o propósito a você destinado.
E é tão pouco o que Ele  pede: Entrega, Obediência, santificação.
Em contra partida, Ele te dará tudo. Tudo mesmo!!!
Mas o que fazer para te convencer? Se todas as dores que já vivi não me permitem evitar seus erros, nem mesmo agir por você, buscando o acerto.
Porque quem convence é o Consolador, o Espírito Santo de Deus.
Como eu gostaria de te dizer, de definir o sabor que tem uma atemóia, talvez eu pudesse dizer que é doce, entre outras coisas, mas ainda assim você não saberia o gosto... para isso é necessário que você a experimente. Certamente depois de experimentar e se apaixonar, você também não terá como dizer a outras pessoas o sabor que tem. Porque isso é singular. É único. É entre você e Deus!  Aquele que te permitiu experimentar outros sabores, mas que para isso antes, em primeiro lugar, te deu o paladar!
Deus sabe como eu sofro em vê-la sofrer.
Deus sabe o que eu faria para que fosse eternamente feliz.
Deus sabe o que eu tenho feito para que você O encontre. E sinta o prazer que há em ser um com Ele.
Jesus ressuscitou. Quando Maria Madalena, Joana e Maria, mãe de Tiago foram até o túmulo levando aromas que haviam preparado, encontraram a pedra do sepulcro removida. Dois varões do Senhor apareceram com vestes resplandecentes e perguntou:
"Por que buscais entre os mortos ao que vive? Ele não está aqui, mas ressuscitou."
Eu escrevo este texto com endereço certo. Mas peço a Deus que alcance a muitos.
"Assim como também eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei ainda a estrela da manhã. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas."
Concluo com outro versículo Bíblico que diz:
"O meu mandamento é este: que vos ameis  uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem maior amor de que este de dar alguém a própria vida em favor dos seus amigos. Vós sois meu amigos, se fazeis o que eu mando.
Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas
tenho-vos chamado amigos, por que tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho dado a conhecer. Não fostes vós que escolhestes a mim; pelo contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça;a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo conceda. Isto vos mando: que ameis uns aos outros."
QUE DEUS EM SUA INFINITA MISERICÓRDIA CUMPRA EM NÓS O SEU QUERER, INDEPENDENTE DO NOSSO PERMITIR.