sexta-feira, 25 de março de 2016

FAVOR


FAVOR

Penso que a Páscoa seja bem mais que a remota lembrança do Sacrifício Vicário de Cristo

Assim como, creio ter sido o maior ato de sacrifício traduzido em amor que se possa doar.

Se entendermos que a atitude que gerou morte e ressureição se deu por uma prática. Nela encontraremos amparo para agir.

Deu, doou, entregou, renunciou, abriu mão... são fatos concretos exercidos por alguém a outrem.

Entendo, portanto, que o anular-se em amor a quem quer que seja, é o nosso maior desafio e forma de reconhecer o grande favor que já nos foi dado. E com base nisso não nos cabe mais nada reivindicar a não ser misericórdia para suportar os dias que antecedem sua volta, onde o engano, a inverdade e a inversão prevalecem em detrimento a Única e imutável, Palavra inspirada de Deus!

Maranata!

Feliz Redenção!

MM
03/2016